Conselhos para o eclipse

Aqui você encontrará todas as recomendações que você não deve perder para ter uma observação única durante o eclipse de 2019.

Confira a sequência do eclipse solar e suas fases

No próximo 2 de julho acontecerá um eclipse solar, que ocorre quando a lua passa entre a terra e o sol. São diferentes as fases que se poderão observar, que refletirão como a imagem do sol irá ocultando-se de parcial a totalmente.  Estima-se que o eclipse total será observado somente na faixa de umbra entre as regiões do Atacama e Coquimbo, onde será possível apreciar o eclipse solar total (o sol será 100% coberto) por no máximo 2 minutos e 34 segundos. Assim indica AURA, a Asociación de Universidades para la Investigación en Astronomía.

Como observar um eclipse solar de maneira segura

 
  • Não olhe diretamente para o eclipse solar, utilize sempre óculos especiais que, graças ao filtro que possuem, permitem reduzir a luz solar de maneira segura e bloquear a radiação solar ultravioleta e infravermelha. Assegure-se de comprá-los no comércio formal e que possuam a certificação adequada. Seguem algumas páginas onde é possível encontrá-los: www.rainbowsymphony.com y www.eclipseglasses.com.
  • Antes de usar os óculos especiais, confira se o filtro está em perfeitas condições, sem defeitos, arranhões ou orifícios, e que não seja mais antigo que 3 anos.
  • Você deve colocar os óculos antes de olhar para o sol e antes do eclipse começar. Como fazer? Siga estes passos: olhe para o chão, coloque os óculos para eclipse e somente quando seus olhos estiverem cobertos, você pode olhar para o sol.
  • Nos lugares onde o eclipse solar será parcial (menos de 99%), devem ser usados o tempo todo. A exceção será nas zonas de umbra, onde o eclipse solar será total (regiões do Atacama e Coquimbo). Lá, quando a lua bloquear por completo o sol e o céu ficar muito escuro, haverá uma breve fase de “totalidade” que você poderá reconhecer quando já não puder ver nada através dos óculos. Nesse momento, poderá tirar os óculos sem que isso ponha em risco sua vista, e ver a coroa. Prepare-se para voltar a colocá-los assim que a lua tiver passado e o sol começar a reaparecer.

Conheça as alternativas para ver o eclipse solar no Chile sem óculos especiais

  • Um método alternativo é a projeção estenopeica: cruze os dedos estendidos e ligeiramente abertos e uma mão sobre os dedos estendidos e ligeiramente abertos da outra. de costas para o sol, observe atenciosamente a projeção da sombra das suas mãos sobre o chão. Os pequenos espaços entre os dedos projetarão uma grade de pequenas imagens sobre o chão, mostrando o sol como uma meia lua durante as fases parciais do eclipse.

 

  • Outra opção segura é usar um visor tipo estenopéico feito com uma caixa de cereal, papel alumínio e fita adesiva, e o mais divertido é que você pode construí-lo com seus filhos.
  • Um projetor estenopéico acoplado a binóculos também pode ser útil para ver o eclipse com um grupo grande. Essa é uma forma de realçar o que é possível ver através de um visor estenopéico.

Como fabricar um visor para eclipse ou um projetor estenopéico caseiro

  • É muito simples. Você somente precisa de um pouco de papel grosso ou cartolina. No centro, faça um pequeno orifício usando um alfinete e coloque um segundo pedaço de papel sobre o chão para que sirva como uma tela sobre a qual será projetado o eclipse. Fique de costas para o sol e procure não tampar com sua cabeça o buraquinho da cartolina que você está segurando por cima do chão.
  • É preciso alinhar bem o projetor, de maneira que consiga ver o círculo perfeito no outro pedaço de papel que está no chão. A nitidez vai variar à medida que você for aproximando ou afastando o projetor do chão. Quando estiver acontecendo o eclipse, esse círculo vai encolher e se transformar numa meia lua se o eclipse for parcial. Se for um eclipse total, vai se transformar em um O com um fino contorno.
  • Ainda que a imagem projetada seja pequena, é uma alternativa ideal para confeccionar com junto com as crianças.

O que você não deve usar para ver um eclipse solar

Não é recomendável acompanhar os eclipses através de uma máquina fotográfica normal, telescópios, óculos de sol, qualquer tipo de óculos, vidro escurecido, negativos fotográficos ou outro dispositivo ótico sem filtrar. Nenhum desse elementos vai proteger seus olhos, pois a onda ultravioleta e infravermelha atravessam esses objetos e podem causar danos.

Recomendações para fotografar um eclipse

Quando você observar ou fotografar as fases parciais de um eclipse solar, deverá usar um filtro solar. Os filtros solares seguros para câmeras e telescópios estão disponíveis como filtros de “abertura completa” e “fora do eixo”. Ambos os filtros se acoplam à objetiva (extremo frontal do telescópio) ou à lente da câmera.

Os filtros solares de abertura máxima são os preferidos. Isso se deve ao fato de que o filtro cobre a frente do telescópio completamente e usa todo o espelho ou lente. Não será necessário voltar a enfocar o telescópio ou lente da câmera quando o filtro for retirado no começo do eclipse total ou quando volte a ser colocado no final da fase total.

Técnicas curiosas para ver o eclipse

Você sabia que as árvores podem ajudar muito para ver um eclipse?

Experimente observar as imagens que se projetam do sol sobre o chão através do espaço entre as folhas. Você também pode utilizar uma folha de cartolina branca para capturar as imagens e conseguir uma grande experiência visual. É só recortar um pequeno quadrado no papel, colar um pedaço de papel alumínio, fazer um pequeno orifício com um alfinete e refletir o eclipse do papel alterado a outro pedaço de papel para projetar a imagem. Um fato curioso: durante um eclipse, os animais podem se confundir e emitir sons estranhos na escuridão.

Dicas para ser um turista responsável

           

Queremos que você tenha uma boa experiência no destino que você visitará, siga nossas recomendações.

Planeje sua viagem com tempo

Informe-se sobre o lugar que irá visitar, da cultura e patrimônio até as atrações turísticas, os serviços disponíveis e principalmente os melhores pontos de observação do eclipse solar que poderá ser visto no Chile. Assim, você poderá planejar sua viagem com antecipação.

Seja um turista respeitoso

Seja respeitoso com a comunidade local, seus costumes, tradições e normas estabelecidas. Cuide e valorize o patrimônio cultural do destino que você visita, não cause estragos. Respeite o descanso e os interesses de outros turistas.

Segurança no turismo de aventura

Assegure-se de que a empresa de turismo de aventura esteja registrada na Sernatur. Pesquise em http://serviciosturisticos.sernatur.cl E confira as recomendações que você deve considerar antes de realizar a atividade em: https://www.sernatur.cl/wp-content/uploads/2019/02/decalogo_es.pdf

Conserve o ambiente natural do destino

Cuide do meio ambiente durante sua visita, desfrutando a natureza sem alterar os ecossistemas nem prejudicar as espécies de flora e fauna. Jogue o lixo nos lugares indicados e pergunte se é possível reciclar, e como. Faça uso racional dos recursos que poderiam ser escassos no destino (água ou energia)

Desfrute o astroturismo no Chile

Valorize o turismo como uma forma de troca de experiências, encontro entre as culturas e enriquecimento pessoal. A experiência astroturística vai deixar lembranças memoráveis da sua viagem pelo Chile. Descubra que há muitos outros eventos noturnos que você poderá ver durante o ano, informe-se e curta nossa página.

Cuide de nossas áreas silvestres, patrimoniais e arqueológicas

Escolha percursos que provoquem o menor impacto sobre a paisagem, privilegiando trilhas e caminhos existentes. Prefira visitas guiadas. Respeite as placas e indicações. Não extraia recursos naturais, como fósseis, plantas, etc. Ajude a manter a infraestrutura nas áreas protegidas.  

Apoie a economia local do destino

Prefira artigos de artesanato local e produtos elaborados no destino. Trate com respeito os vendedores e atesãos locais, contrate tours no comércio estabelecido e informe-se sobre os produtos que estão com restrição legal ao sair do Chile.

Desfrute o astroturismo no Chile

Valorize o turismo como uma forma de troca de experiências, encontro entre as culturas e enriquecimento pessoal. A experiência astroturística vai deixar lembranças memoráveis da sua viagem pelo Chile. Descubra que há muitos outros eventos noturnos que você poderá ver durante o ano, informe-se e curta nossa página.

Aproveite para conhecer o Chile

Antes e depois do eclipse, há muitas alternativas para que você possa visitar e desfrutar uma linda experiência. Informe-se  sobre as atividades que se realizarão antes e depois do fenômeno natural, especialmente as relacionadas com a observação de estrelas e constelações de inverno.

Não fique sem dinheiro

Organize bem seu dinheiro e compras, já que muita gente que viajará ao Atacama e Coquimbo usará os caixas eletrônicos e pontos de venda com pagamento on-line.  Faça suas compras cedo e abasteça seu veículo adequadamente.

Dirija com precaução

Lembre-se que o eclipse do sol terminará às 17:47 e depois disso o sol vai se por. Muita gente irá ao Atacama e a Coquimbo para ver o eclipse total e depois o entardecer, e por isso poderá haver mais trânsito pelos caminhos e estradas. Dirija com cuidado, muitos motoristas também serão visitantes. Siga as recomendações de Carabineros de Chile.

Agasalhe-se

Se for viajar ao Atacama ou Coquimbo para aproveitar o eclipse total, pense em levar roupas apropriadas, já que a temperatura baixa alguns graus. Assim que o eclipse terminar, o sol vai se por. Lembre-se de que é inverno e queremos que se cuide e possa aproveitar tudo.